Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

SOBRE AS CONFERÊNCIAS NACIONAIS

Segundo a estudante de Ciências Biológicas da UFPB e representante do COJEMA-PB, Andressa Ribeiro de Queiroz, 23 estudantes de vários municípios da Paraíba representaram o Estado na 2ª. Conferência Nacional Infanto-Juvenil de Meio Ambiente, realizada em Brasília, durante os dias 23 e 27 de abril de 2006. "O evento foi um processo dinâmico e contínuo de discussão e debate entre adolescentes de 11 a 14 anos das escolas públicas e privadas de todo o Brasil sobre temas de preocupação mundial como biodiversidade, mudanças climáticas, diversidade étnico-racial e segurança alimentar e nutricional, estimulando o pensamento crítico e a participação mais ativa na sociedade. A partir do esclarecimento e sensibilização dos adolescentes sobre a problemática ambiental foi feita uma carta de responsabilidades entregue ao presidente Lula", contou. Já a especialista em Educação Ambiental e técnica da Secretaria Estadual de Educação, Vitória Régia Alves de Souza, informou que adolescentes que faziam parte do Movimento de Meninos e Meninas de Rua e que viviam em comunidades quilombolas, indígenas e em assentamentos rurais da Paraíba também participaram do evento. "A delegação da Paraíba teve uma participação muito importante na conferência nacional porque mostrou o grau de compromisso das nossas crianças e dos adolescentes com as questões ambientais. São jovens que já vêm desenvolvendo projetos e ações em suas comunidades e que puderam conhecer e compartilhar diversas vivências", avaliou.

“A 1ª. Conferência Nacional Infanto-Juvenil do Meio Ambiente foi um momento importante, já que todos puderam ouvir o que os adolescentes de 11 a 14 anos pensavam sobre o meio ambiente e quais as suas sugestões para que pudéssemos viver em um mundo melhor, além de encaminhar uma carta ao Ministério do Meio Ambiente e ver as sugestões se transformarem em políticas públicas. Já na 2ª. Conferência Nacional, os delegados demonstraram um grau de conscientização e de compromisso com o meio ambiente que é muito maior do que era há 10 anos. Eles já têm o entendimento das informações sobre os impactos negativos do desperdício da água, da poluição dos rios e do lugar onde vivem. Para a 3ª. Conferência Nacional Infanto-Juvenil de Meio Ambiente, a Paraíba terá a participação de 25 delegados, dois a mais que em 2006, e a expectativa de uma participação ainda mais ativa. As escolas trabalharam suas propostas com base nas “Mudanças Climáticas”, discutindo os temas: Água, Ar, Fogo e Terra”, relata Luís Fernando Ribeiro Abrão, que foi acompanhante dos delegados nas duas edições anteriores da Conferência Nacional.

No processo da 3ª. Conferência Nacional que está sendo realizado este ano, Larissa Ramos, Luís Fernando e Vitória são membros da Comissão Organizadora Estadual / COE-PB e responsáveis pelo acompanhamento e pela análise das propostas enviadas pelas escolas.

 

Publicado por CJ às 08:23
Link do post | Comentar | favorito

COJEMA - PB

Editado por

Luís F. R. Abrão

Você é o nosso visitante

contador

Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Notícias Recentes

Águas residuais são foco ...

...

VIII Fórum Brasileiro de ...

Análise do Ciclo de Vida ...

Semana Municipal da Juven...

CJs participam do Encontr...

Caracterização dos Ecossi...

ISPN publica Manual Tecno...

As ricas caatingas

Por que dia mundial do m...

Arquivos

Março 2017

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Setembro 2011

Julho 2010

Junho 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Janeiro 2006

Links

Pesquise Neste Blog

 
blogs SAPO